PRÓXIMA PARTIDA

DEF X DEF

01/12

00:00 h

Definir

A Definir

Patrocinadores:


30/03/2017 02:13

Júlio César marca duas vezes e Madureira empata com o Fluminense em Moça Bonita

Quem foi a Moça Bonita acompanhar a partida entre Madureira e Fluminense viu um jogo animado e bastante movimentado. Com as duas equipes se lançando ao ataque, o torcedor viu Júlio César marcar seus primeiros gols no campeonato e ser o destaque da partida, ao lado do goleiro Rafael Santos, que fez defesas milagrosas e salvou o Madureira.

Antes da partida, a The Refugee Nation, ONG em defesa dos refugiados, que marcou presença nos jogos Rio 2016 e na cerimônia do Oscar, homenageou o atacante guineense Maza, que veio para o Brasil de navio para buscar o sonho de ser jogador de futebol 8 anos atrás. A ONG presentou o atacante do Madureira com uma bandeira do projeto, criada por uma designer refugiada Síria e inspirada nos coletes salva-vidas que muitos dos refugiados tiveram que usar para fugir de seus países.

Além disso, as duas equipes entraram em campo com crianças refugiadas e com uma braçadeira com a bandeira da ONG. Tudo em homenagem e solidariedade aos 65 milhões de refugiados ao redor do mundo.

 

O JOGO

 

O gol do Madureira veio logo aos 6 minutos. Após cabeçada de Jorge Fellipe, a bola sobrou para Júlio César, dentro da área, marcar seu primeiro gol no campeonato e abrir o placar para o Madureira.

Aos 31, Rafael Santos fez um milagre. Wellington Silva invadiu a área e chutou para o gol. Rafael Santos se esticou todo e conseguiu espalmar a bola para o lado. Na sobra, o lateral-direito Lucas chutava para o gol vazio, mas Rafael conseguiu uma rápida recuperação e fez uma defesa espetacular.

Já na segunda etapa, o Fluminense empatou o jogo aos 13, com gol do atacante Pedro. Aos 16, o Tricolor das Laranjeiras virou a partida, com gol do zagueiro Nogueira.

Aos 19 minutos, para delírio dos refugiados na arquibancada, o técnico PC Gusmão colocou Maza em campo, no lugar de Geovane Maranhão. O guineense recebeu torcida particular na partida e era saudado toda vez que tocava na bola.

Aos 21, nova defesa de Rafael Santos. Richarlison desviou cobrança de escanteio e o goleirão deu um tapa na bola, afastando o perigo.

Aos 22, o empate. Júlio César recebeu bela bola de Keven e, com pouco ângulo, chutou forte, no alto, sem chances para o seu xará.

Aos 30, nova alteração no Madureira: entrou Walney e saiu Luciano Naninho.

Aos 38, foi a vez de Douglas Lima sair de campo e dar lugar a Wellington Saci.

Aos 39, deu Rafael Santos de novo. Marcos Junior cabeceou no contrapé do goleiro, mas Rafael se recuperou e espalmou a bola para longe.

Aos 47, Júlio César tocou para Maza, que invadiu a área pela direita e chutou para fora.

Com o resultado, o Madureira foi a 12 pontos na classificação geral do Campeonato Carioca e dorme na sétima colocação. No domingo, o Tricolor Suburbano encara o Bangu, em Conselheiro Galvão, pela última rodada da Taça Rio.

 

MADUREIRA 2 X 2 FLUMINENSE

MADUREIRA: Rafael Santos; Rodrigo Raggio, Alex Moraes, Jorge Fellipe e Douglas Lima (Wellington Saci, 38'/2ºT); William, Rezende, Keven e Luciano Naninho (Walney, 30'/2ºT); Geovane Maranhão (Maza, 19'/2ºT) e Julio Cesar. Técnico: PC Gusmão.

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Lucas, Nogueira, Henrique e Léo; Luiz Fernando, Marquinho (Maranhão, 29'/2ºT) e Sornoza; Richarlison (Lucas Fernandes, 36'/2ºT), Wellington Silva (Marcos Junior, 29'/2ºT) e Pedro. Técnico: Abel Braga.

Cartões Amarelos: Douglas Lima, Jorge Fellipe, Keven e Rodrigo Raggio (MAD); Marquinho, Henrique e Nogueira (FLU)

Gols: Julio Cesar, 6'/1ºT (1-0); Pedro, 13'/2ºT (1-1); Nogueira, 16'/2ºT (1-2); Julio Cesar, 22'/2ºT (2-2)



Comentários nesta notícia

MAIS NOTÍCIAS

Desenvolvido por: