PRÓXIMA PARTIDA

MAD X SAO

19/07

15:00 h

Conselheiro Galvão

Copa Rio - 2017

Patrocinadores:


07/07/2017 18:30

Souza relembra títulos pelo Madureira na base e manda palavras de incentivo aos meninos do Sub-20

(Foto: Pércio Campos)

Bicampeão Infantil (1997 e 2000), Tricampeão Juvenil (1998, 2001 e 2005) e Campeão Junior (1974, quando o Sub-20 era chamado de Juvenil), o Madureira tem tradição em revelar grandes jogadores. Evaristo de Macedo, Jair Rosa Pinto, Didi, Maicon, André Lima, Muriqui, Léo Lima e Rodrigo Lindoso são alguns dos grandes jogadores que passaram pela Escola de Campeões do clube.

Neste sábado (8), os meninos do Sub-20 entram em campo contra o Flamengo com um objetivo: avançar à final do Carioca Sub-20 e trazer mais um troféu de campeão carioca para o Madureira na base. Para falar sobre essa partida e relembrar momentos marcantes com a camisa do Madureira, falamos com um jogador que tem muita história no clube e é bastante acostumado a trazer taças para Conselheiro Galvão: o atacante Souza.

“Espero que eles possam fazer o que a gente fez na nossa época”

Souza tem muita história com a camisa do Madureira. Jogando nas divisões de base do clube, o centroavante despontou como uma das grandes promessas do clube no final dos anos 90, chegando à Seleção Brasileira e vestindo a 9 da amarelinha no título Mundial Sub-17 de 1999. Como profissional, disputou o Carioca deste ano pelo Madureira e está confirmado no elenco que disputará a Copa Rio, a partir da próxima quinta-feira (13).

Além de boas atuações e muitos gols, a carreira de Souza na base do Madureira é marcada também por títulos. Campeão Carioca Infantil em 1997 e Juvenil invicto em 1998, o atacante relembrou um pouco daquelas campanhas históricas:

- Foram títulos muito importantes. A gente estava começando nossa carreira e tínhamos um time muito bom. Fomos campeões no infantil e juvenil. Tinha uma rapaziada muito boa no time.

Para Souza, os meninos do Sub-20 podem repetir o feito da equipe de sua geração e marcar seus nomes na história do clube.

- Acho que é muito importante para eles, conseguir marcar história num clube como o Madureira. Eles veem que está até hoje o muro pintado com nossos títulos (a arquibancada de Conselheiro Galvão exibe alguns dos títulos cariocas do clube na base). É uma coisa pela qual a gente fica marcado dentro do clube. Espero que eles possam fazer o que a gente fez na nossa época.

O jogo de amanhã entre Madureira e Flamengo será às 10h, na Gávea. O Madureira terá que vencer a partida para chegar à final, já que o Flamengo tem a vantagem do empate. A partida terá transmissão do GloboEsporte.com

Texto: André Soares/Madureira EC



Comentários nesta notícia

Desenvolvido por: